Recrutamento: Interno/Externo/Misto

O recrutamento é um conjunto de técnicas e procedimentos que visa atrair candidatos para uma determinada vaga.

Existem vários tipos de recrutamento e a melhor opção depende da estratégia da empresa e do perfil da vaga em aberto.

Muitas optam pelo recrutamento interno, que busca por profissionais dentro da empresa, e outros pelo recrutamento externo, que busca por profissionais fora da empresa.

Outros preferem utilizar o recrutamento misto, que é a junção dos dois recrutamentos anteriores.

Para esclarecer sobre essas formas de recrutamento, separamos as principais informações para você?

Continue a leitura e confira!

Recrutamento Interno

O recrutamento interno utiliza os recursos humanos disponíveis na empresa, priorizando os seus talentos internos, ou seja, os seus próprios colaboradores, para o preenchimento de uma vaga que está em aberto.

Com isso, é reaproveitado profissionais para ocupar outras funções, como por exemplo, cargos de liderança, que normalmente são ocupados por pessoas que já fazem parte da empresa.

Como funciona?

O recrutamento interno é feito comunicando internamente a abertura de uma vaga pelos mais diversos canais de comunicação interna da empresa, como intranet, e-mail, mural entre outros canais.

Depois deve ser estabelecido os requisitos da vaga e o departamento que vai receber as candidaturas.

Quais são as vantagens do Recrutamento Interno?

O recrutamento interno privilegia os colaboradores internos, valorizando-os  e motivando-os para o seu crescimento dentro da empresa e consequentemente o crescimento da empresa.

  • Conheça a seguir outras vantagens:
  • Valorização dos colaboradores
  • Redução de custos
  • Conhecimento prévio dos candidatos
  • Maior agilidade no processo de seleção
  • Gera resultados mais rápidos
  • Motivação dos colaboradores

Como aplicar o Recrutamento Interno?

O recrutamento interno normalmente acontece por:

Promoção: Quando o colaborador exerce uma determinada função e após um determinado período de carreira e desenvolvimento profissional na empresa, é convidado a exercer outro cargo, com maiores exigências e responsabilidades.

Transferência: Quando surge uma vaga, e procura-se dentro da empresa, colaboradores que queiram conhecer outros setores da empresa e desenvolver novas habilidades.

Para ambos os casos, deve ser avaliado a relação do potencial interno com a oportunidade oferecida.

Recrutamento Externo

O recrutamento externo é um meio pelo qual a empresa busca por profissionais disponíveis no mercado para o preenchimento de uma vaga em aberto.

Essa forma de recrutamento é mais comum entre as empresas e busca suprir os cargos de início de carreira ou obter competências que não são encontradas nos colaboradores internos.

Como funciona?

O recrutamento externo é feito divulgando a vaga em meios externos que possam alcançar grande quantidade de candidatos, como anúncios em plataformas de emprego, sites, redes sociais ou anúncios em empresas de recrutamento.

Quais são as vantagens do Recrutamento Externo?

Uma das principais vantagens do recrutamento externo é a diversidade de talentos na empresa, adicionando competências técnicas e comportamentais que contribuem para o sucesso das equipes.

Conheça a seguir outras vantagens:

  • Retenção de novos talentos
  • Aumento do capital intelectual
  • Equipe diversificada
  • Novas experiências de mercado
  • Renova o banco de dados

Como aplicar o Recrutamento Externo?

O recrutamento interno normalmente acontece por:

Substituição: Quando um colaborador é dispensado ou pediu demissão. 

Aumento de Quadro: Quando a empresa precisa de mais profissionais, devido a necessidade de uma área, seja devido ao aumento de demanda, um novo projeto, um novo cliente ou situação similar.

Para ambos os casos, é importante analisar o cargo e as vantagens e desvantagens da contratação

Recrutamento Misto

O recrutamento misto é a junção entre o recrutamento interno e o externo, considerando a entrada de novos profissionais, mas também valorizando os talentos atuais da empresa.

Ele pode ser aplicado de três maneiras: internamente, externamente ou simultaneamente.

Como funciona?

O recrutamento misto busca primeiro o preenchimento de novas vagas pelos colaboradores da empresa e finaliza com candidaturas externas caso a primeira opção não tenha dado certo.

Ou pode começar externamente e depois internamente caso não encontre um profissional fora da empresa.

E ainda pode ser de forma simultânea, na qual a vaga é divulgada tanto externa como internamente, devendo ser estabelecido igualdade de condições entre todos os candidatos.

Como aplicar o Recrutamento Misto?

O recrutamento misto deve ser aplicado quando a empresa tiver recursos que possam abranger as duas formas de recrutamento.

O processo pode ser iniciado de dentro para fora ou de fora para dentro, conforme a melhor estratégia.

Qual a melhor opção de Recrutamento?

Você já sabe quais os tipos de recrutamentos que existem, mas qual é a melhor opção?

Isso deve ser decidido por cada empresa de acordo com sua estratégia e com o perfil da vaga em aberto. Entretanto, seguem algumas considerações:

  • O recrutamento interno, apesar de dar chance de promoção para os próprios colaboradores, acaba impedindo que novos talentos possam fazer parte da equipe, o que restringe o capital intelectual. 
  • Já o recrutamento externo é o oposto do interno, mas mesmo que traga novos talentos para a empresa, acaba desmotivando alguns colaboradores que estavam esperando pela tão sonhada promoção ou por ocupar algum outro cargo.

Por isso, a junção do recrutamento interno com o externo, faz com que ambos os candidatos possam ter a chance de conquistar a vaga.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.