Onboarding e Offboarding no RH: Qual é a diferença?

Integrar-se a um novo ambiente de trabalho, assim como ser desligado deste ambiente pode ser um processo um tanto quanto complicado.

Por isso, aplicar os métodos de onboarding e offboarding podem auxiliar esses processos que são fundamentais quando se trata de gestão de pessoas.

Eles surgiram devido às mudanças que o mundo corporativo precisou incorporar para se tornar ainda mais estratégico e contribuir para o sucesso do negócio.

E são utilizados pela área de Recursos Humanos para a integração e desligamento de colaboradores, tornando uma função estratégica e indispensável dentro do RH. 

Pensando nisso, você sabe qual é a diferença entre onboarding e offboarding? 

Continue a leitura e confira!

O que é onboarding?

Onboarding vem da palavra inglesa onboard, que significa “a bordo”, ou seja, uma espécie de “embarque” de novos colaboradores para uma empresa e equipe. 

Ele é o processo de integração de novos colaboradores e tem por objetivo acelerar a aprendizagem e a absorção de informações necessárias sobre a empresa.

O onboarding gera resultados mais rápidos e produtivos, porque o colaborador se sente bem-vindo e absorve com mais facilidade a cultura cultura, missão, visão, valores e  objetivos da organização.

Com ele, o colaborador se sente familiarizado e acolhido contribuindo para que possa cumprir plenamente suas funções.

Como funciona o Onboarding?

O onboarding utiliza medidas envolvendo orientação, supervisão, acompanhamento e treinamento dos colaboradores.

Com todos esses elementos presentes no processo de integração, o colaborador recém-contratado leva menos tempo para se habituar à cultura da empresa e atinge mais rapidamente os resultados desejados.

A sua aplicação é dividida em três etapas:

  • Antes do primeiro dia de trabalho;
  • No primeiro dia de trabalho;
  • Depois do primeiro dia.

Durante os períodos mencionados, uma série de procedimentos são implantados para receber o novo colaborador, como orientação sobre a cultura e política empresarial, treinamento sobre as funções e responsabilidades do cargo, acesso ao manual do colaborador, acompanhamento e supervisão de um profissional, entre outros processos.

O que é offboarding?

Ao contrário do onboarding, o offboarding, pode ser traduzido livremente como “desembarque”, e trata do processo de desligamento de um colaborador. 

A ideia é aplicar as “boas práticas” no momento de desligar um colaborador, não importando se o afastamento foi tomado pelo próprio colaborador ou pela empresa. 

O que importa é manter uma relação de transparência e gratidão durante o processo de desligamento. Dessa forma, ele não vai se sentir injustiçado e nem a reputação da empresa irá correr riscos.

Assim, o offboarding se dedica a traçar estratégias que tornem a saída do colaborador menos dolorosa e difícil possível.

Como funciona o Offboarding?

Algumas etapas para a sua aplicação:

  • Deve-se ter clareza no momento de comunicar o desligamento ao colaborador, nos casos em que a demissão ocorrer por parte da empresa;
  • Comunicar a decisão à equipe da qual o colaborador fazia parte, para que haja redistribuição de tarefas e demandas;
  • É preciso ter toda a documentação necessária, contando com as devidas explicações e orientações para os próximos passos do processo de desligamento;
  • Durante a entrevista de desligamento, atentar-se ao feedback e opiniões do colaborador em relação ao cargo que ocupava e ao ambiente de trabalho;
  • Oferecer benefícios para que o profissional consiga se recolocar mais facilmente no mercado de trabalho.

Quais as vantagens do onboarding e offboarding?

O onboarding e offboarding auxiliam na relação entre empresa e colaborador.

Saiba a seguir as principais vantagens:

  • Diminui a taxa de rotatividade de colaboradores;
  • Fortalece a marca empregadora da empresa;
  • Faz com que os colaboradores sintam que suas necessidades são atendidas e compreendidas;
  • Reduz os gastos nos processos de admissão e demissão;
  • Auxilia na manutenção do clima organizacional.

Enfim, tanto o onboarding como o offboarding são essenciais no processo de gestão de pessoas, pois ajudam a criar uma relação de confiança e transparência entre o empresa e colaboradores.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.